Cursos de qualificação à distância têm maior adesão e trazem maior segurança no desenvolvimento de colaboradores

Até o final do ano, 12 cursos estarão disponíveis na plataforma de treinamentos da companhia. (Foto: divulgação/Randon)

Cursos de qualificação à distância têm maior adesão e trazem maior segurança no desenvolvimento de colaboradores

Empresas Randon anteciparam projeto de capacitação interna na pandemia e contabilizaram inúmeros benefícios, como a agilidade no cumprimento da legislação

Economia, desenvolvimento digital e agilidade no cumprimento da legislação são alguns dos benefícios obtidos pelas Empresas Randon ao implementar cursos de qualificação no formato de ensino à distância. O projeto, realizado com o propósito de acompanhar a transformação digital e oferecer aos colaboradores mais uma opção de desenvolvimento, foi acelerado em função da pandemia. Até o final do ano, 12 cursos estarão disponíveis na plataforma de treinamentos da companhia e a expectativa é formar 2,5 mil pessoas neste formato.

Atualmente, a plataforma de treinamentos virtuais [PRA.VC] das Empresas Randon oferece sete cursos de qualificação das normas regulamentadoras, obrigatórios e que certificam os colaboradores para o cumprimento de determinadas funções. Os treinamentos são realizados no horário de trabalho, em laboratórios de informática (respeitando os requisitos de distanciamento social e de higienização) ou no computador na área de atuação do profissional.

– Desta forma, conseguimos promover uma formação de qualidade, que nos possibilita inúmeros ganhos, desde as questões de segurança dos participantes neste contexto de pandemia, e também alcançando uma maior abrangência na participação, com rapidez e eficiência no cumprimento da legislação – destaca Carlos Roberto Arins do Nascimento, diretor do Centro de Soluções Compartilhadas (CSC) das Empresas Randon, setor que responde pela gestão dos cursos junto com as áreas de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA) das unidades.

Os funcionários acessam facilmente o material e podem atualizar seus conhecimentos sobre comportamento e operação segura nas diferentes máquinas e equipamentos utilizados pela empresa. Como os conteúdos são gravados e assíncronos, é possível que os colaboradores façam o treinamento em diferentes horários e, assim, mais pessoas são treinadas num intervalo de tempo menor. “Trabalhamos de forma contínua para que nossos movimentos acompanhem as mudanças da cultura digital de aprendizagem que estão ocorrendo de forma global”, salienta Nascimento.

Comentarios