56ª Edição Nacional – Jornal Chico da Boleia

De pai para filho (a)

Para nós do trecho, não é novidade que a profissão de caminhoneiro (a) é, muitas vezes, um legado deixado de pai para filho (a). No dia a dia das estradas é possível identificar uma série de personagens que nos relatam essa realidade. Não são só homens que herdaram de seus pais a técnica e a habilidade da profissão, mas, atualmente, esses personagens são também mulheres, como constatamos ao longo do nosso trabalho.

Entre os caminhoneiros e caminhoneiras do país é muito comum identificar aqueles que, desde muito cedo, já nutriam a paixão pelos caminhões. É o que se constata, por exemplo, na tradicional Festa do Caminhoneiro de Itabaiana, durante a Carreata Mirim. No evento, as crianças da cidade, juntamente de seus familiares, trabalhadores e trabalhadoras das estradas, confeccionam miniaturas estilizadas de caminhões para exibir publicamente.

Na “capital nacional do caminhão”, como é conhecida a cidade sergipana, grande parte dessas crianças pretende ser (ou efetivamente será) o núcleo da nova geração de caminhoneiros e caminhoneiras do país. Este “celeiro de campeões da estrada”, no entanto, tem uma origem: a profissão já exercida pelos pais.

Mas é em todo o território nacional que se encontram situações como essa. Os pais levam seus filhos e filhas na boleia, às vezes carregam a família inteira por longas distâncias. As crianças desde muito cedo vão se familiarizando com as belezas e dificuldades da profissão.

Essa transmissão entre as gerações foi o que inspirou a matéria principal que apresentamos nesta edição em homenagem ao Dia dos Pais, comemorado neste mês de agosto. Através de entrevistas com gente do trecho, pudemos identificar que a paixão pelas estradas é algo que passa de pai para filho (a), superando obstáculos e reunindo inúmeros causos.

Nossa edição deste mês também traz novidades sobre o setor. Em novo estudo divulgado pela NTC & Logística, constatou-se um crescimento de 10% nas ocorrências de roubos de cargas no ano de 2015, em comparação com o ano anterior. No entanto, especialistas acreditam que a história pode ser alterada com novas políticas públicas.

Nas próximas páginas o leitor e a leitora também poderão tirar todas as dúvidas sobre a nova lei que torna obrigatório o uso dos faróis em rodovias brasileiras. A determinação do Contran passou a valer em julho deste ano, mas ainda gera dúvidas e mitos.

Apresentamos aos leitores e leitoras detalhes da pesquisa “Perfil do Caminhoneiro” realizada este ano pela Confederação Nacional dos Transportes. Além disso, todas as novidades em lançamentos, eventos e legislação estão nas notícias da coluna Fique por Dentro.

Por último, peço licença para cumprimentar todos os pais do Brasil, sejam eles caminhoneiros ou não. Feliz Dia dos Pais, agosto é o mês de vocês, que todos tenham sempre muita consciência e responsabilidade sobre o papel que cumprem na sociedade.

Amigo e amiga do trecho, se vocês quiserem ler sobre alguma matéria especial, tirar dúvidas ou enviar sugestões, escreva para nós chicodaboleia@chicodaboleia.com.br ou acompanhe todas as novidades através do nosso site e redes sociais.

Boa leitura
Chico da Boleia
Sempre com orgulho de ser caminhoneiro

Comentarios