Bip Carros, a Startup que cresceu 130% durante a pandemia"

CURITIBA, Brasil, 30 de julho de 2020 /PRNewswire/ — Conhecido como um mercado extremamente tradicional, o setor de vendas de automóveis foi um dos mais afetados pela crise ocasionada pelo coronavírus. De portas fechadas, comerciantes de todos os portes viram-se obrigados a recorrer a estratégias diferentes das praticadas até então. Foi neste cenário que a Bip Carros, startup focada em marketing digital para concessionárias e revendas, encontrou espaço para crescer 130% nos primeiros seis meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

Pedro Cruz, sócio-fundador, revela que o aumento da receita começou com a percepção dos comerciantes de que não havia outro caminho diferente da transformação digital. “O mercado mudou, e a pandemia acelerou. Há cinco anos ou mais, as pessoas visitavam, em média, 5 lojas antes de tomar a decisão de comprar um carro. Já o cliente de hoje visita apenas duas lojas – o que significa que, se ele não comprou na primeira, provavelmente comprará na segunda”, conta o especialista.

Pensando na jornada de compra cada vez mais objetiva, sobretudo por conta do fácil acesso às informações sobre os produtos na Internet, Pedro e sua equipe desenvolveram, em 2017, uma plataforma de atendimento que funciona dentro do próprio site do cliente, com objetivo de gerar negociações. Para isso, a estratégia inclui também ações de marketing digital em parceria com as maiores plataforma de publicidade do mercado que atuam na captação de clientes para os sites dos clientes. “Nosso objetivo é utilizar inteligência de marketing e experiência de compra para aproximar o vendedor dos compradores potenciais de maneira assertiva, sempre considerando o perfil de cada um deles”, explica ele.

Hoje, a plataforma está presente em concessionárias e revendas de 60 cidades de 13 estados brasileiros, com cerca de 100 clientes em sua base. Mensalmente, aproximadamente 15 mil compradores potenciais interagem pela ferramenta, sendo que a geração de negociações gira em torno de 54%. “Vimos os números aumentarem por causa da pandemia. As pessoas sempre buscaram carros na internet, mas ainda tinham alguma resistência em iniciar a negociação de forma digital, com a pandemia essa tendência acelerou em 1 mês o que levaria 2 ou 3 anos”, avalia o fundador.

Embora a BIP Carros tenha propiciado um salto de inovação ao setor automotivo, o processo de compra ainda não ocorre totalmente online. Os consumidores podem antecipar vários passos do processo, como a aprovação do financiamento ou a avaliação do usado, porém ainda é necessário que haja interação presencial para que a venda se concretize, em especial no segmento de veículo seminovos. “Nosso objetivo é evoluir ainda mais este ciclo e fornecer ao mercado uma plataforma de vendas 100% online, ou seja, sem que a presença se faça necessária em nenhuma etapa”, acredita Cruz.

A expectativa do fundador é dobrar o faturamento da empresa em 2020. Em 2019, a empresa cresceu dez vezes em relação ao seu tamanho em 2018.

FONTE Bip Carros

Comentarios